Página oficial del Carnaval de Badajoz, Fiesta de interés turístico nacional

Edição 2013

Edição 2013Carnaval aberto

O Carnaval de Badajoz chega à sua edição de 2013 com toda a força, com toda a intensidade e com toda a ilusão de sempre. É um Carnaval que se renova mas que continua a oferecer o que há de melhor: a sua identidade, a sua tradição, o seu estilo e a sua forma de ser. É um carnaval que, fugindo de clichês e redundâncias, se adapta à modernidade sem esquecer suas essências, aquelas que os pais conseguiram transmitir aos filhos e que os filhos já contaminam os netos. É um Carnaval de família e amigos, de visitantes e de quem está em casa, uma festa com tantos matizes que todos gostam, que ninguém fica indiferente.

A grande festa de Badajoz recupera Badajoz em pleno inverno rigoroso e a inevitável encosta de Janeiro, recupera toda a cidade, as suas gentes, quem nos visita, para que possam participar na sua paixão, na sua diversão, na sua libertinagem e na sua desejo de quebrar regras antigas e entrar em uma diversão saudável e aberta. Porque são muitas as particularidades que distinguem o Carnaval de Badajoz mas, a meu ver, uma se destaca: o facto de ser uma festa, um encontro, um acontecimento, um acontecimento, para além de ser extraordinário, é aberto. Estamos diante de uma atividade onde ninguém se sente estranho, onde todos podem experimentar o mesmo calor, a mesma risada, as mesmas emoções. O Carnaval de Badajoz é uma festa aberta porque nós Badajocenses estamos abertos, porque a nossa cidade está aberta. Não há portas aqui para ninguém. Tudo são instalações. Tudo é hospitalidade. O carnaval, então, responde às marcas da própria cidade e de sua história. Somos uma cidade aberta e nossa festa, nosso carnaval, está aberta. Com tudo o que isso implica: em Badajoz não há estranhos mas sim amigos, não há distâncias mas sim proximidade, não há desentendimentos mas sim saudações e boas-vindas generosas.

O Carnaval de Badajoz chega a 2013 com entusiasmo e entusiasmo. A vontade de surpreender, de entreter e de esquecer meses de frio e crise para os transformar em dias de fantasias e danças, de murgas e comparsas, de ruas e praças movimentadas, fazendo de Badajoz um autêntico traje.

Miguel A. Celdrán Matute
Prefeito de badajoz

Mais informações na Site da Câmara Municipal de Badajoz.